Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

O pOvo de Deus (ou o Deus do pOvo?)


de onde vem Deus...
Deus nasceu dum ovo...
e de novo
e de ovo
e de povo
e de novo
Deus nasceu do povo...
e de um ovo
e de outro ovo
e de mais um novo
e de novo um ovo
e de mais um povo
Deus nasceu de novo
de um ovo de um povo
de novo do ovo dum povo
Deus do ovo do povo
de novo Deus novo dum ovo
o novo povo do ovo
Deus....

3 comentários:

Viajando nas Letras disse...

Joe, que arretada essa eterna poesia de um Olimpo - ou ninho - de Deus.

Marcos disse...

Max Martins, poeta paraense, morreu há poucos dias. A primeira coisa que li dele foi O Ovo da Serpente. Esse teu poema lembra o poema dele e sua linguagem concretista. Muito bom!

Flávia Muniz disse...

Oi João! Você é reGENTE!

passei aqui.


flávia

Related Posts with Thumbnails