Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

quarta-feira, 10 de março de 2010

"0"


0

ZERO
0000 0000 0000 0000

nada
niente nothing
pas de rien
nichts nada
nulla nadie


ZERO NADA
ZERO BALA
ZERO FOME
ZERO GRANA
TUDO ZERO

ZERO NINGUEM
NEM UM, NEM MENOS UM

NEM ZERO

N menos N


000000000000000000
ZERO ZERO

0

10 comentários:

Adriana Godoy disse...

Mil pra você. beijo.

Mari Amorim disse...

Hey Joe!
Posso entrar?

Boas energias
Mari

Diu Mota disse...

E zeros a direita...hum
Muito bom vê-lo também aqui no meu ponto.Sempre te encontrava em comentários a fora.

Abrç
inté

Layara disse...

...rsssss...delicia de poesia concreta, amei...

Zero, embora nao pareça são tantas possibilidades, vai pensando...

Gostei imenso daqui, escreves com uma desenvoltura de quem conhece cada encadeamento de sílabas...uauuu! Gostei que me enrosquei...

Desde a apresentação do que és...

Sou terra, por ter razões. Só berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

que lindo poemar!

Amei e quando amo é pra valer, voltarei!

Juscelino disse...

Você continua craque na concretude do dizer poético!
Grande abraço,
big Joe...

Joakim Antonio disse...

Perfeito tudo por aqui amigo, devorando todos dos textos.

Quanto ao Zero só pra comentar: Nada a Declarar! ;)

Parabéns!

Joe_Brazuca disse...

ARIANA GODOY...10000 pra voce !...bj

MARI AMORIM...claro que pode !...cosidere-se dentro...bj

DIU MOTA...seu ponto é "massa" !...zeros à direita ?...bommmmmm...rss...(se bem que, há "gentes" que, quanto mais os tem à direita, mais à esquerda são, né mesmo ?...)bj

LAYARA...( que tem nome que cnata !...rs)...legal ter vindo e espargido tanta sensibilidade !...seu canto tb é muito legal !...bj

JUSCELINO...grande e velho amigo das letras todas !...o bom filho à casa retorna !...seu blog tb é 10 !...abração

JOAKIM...grato amigo, por vir e gostar !..seu blog tb é muito legal !...estarei por lá tb !...quanto ao 0 : vc pegou o espirito da coisa...rsrs...abraço !

Jairo de Salinas disse...

O Zero da cor... da cor do som.
Mamão eu quero ver...
Legal, Joe! 100 sacional!!!

Ianê Mello disse...

Poesia concreta.

Me lembrou Fernando Pessoa.

Gostei muito!

O zero pode ser o início de tudo.
"Partir do zero"

Beijos.

Joe_Brazuca disse...

JAIRO...100pre bem vindo, amigo !...rs...abração !

IANÊ...companheira de blog !...é verdade...o zero pode ser o início...lembrou-lhe Pessoa ???...quem dera, poetisa, quem dera...rs...bj

Related Posts with Thumbnails