Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Ars et Scientia



Arte não serve para nada
Arte serve para tudo
Ciência não serve para tudo
Ciência serve para nada

Ciência é essência
Arte é quintessência

Arte é parte
Ciência é paciência

Ciência é eficiência
Arte é encarte

Arte é estandarte
Ciência é permanência

destarte
arte é ciência
ciência é arte

Discussões a parte, que se descarte
e com consciência , que se dê anuência !


©joe_brazuca-MMIX

5 comentários:

IVANCEZAR disse...

Na sua imagem do homem de DA VINCI, está plasmada a proporção áurea - o número de ouro - que encerra a mão divina. Quando li a respeito fiquei pasmo ... ainda hoje busco mais ler sobre o tema. A escola Pitagórica e ,sobretudo, Phidias . Gostei demais de seu trabalho

Margaret Pangert disse...

that's an interesting interpretation of Da Vinci. I'm not sure I get it all. a matador? a nude male? I hope you continue with more of Da Vinci's fields (curiosita, dimostrazione, sensazione, sfumato, corporalita, connessione, and . . . this one, arte/scienza). This is a great idea. I wish I could read your poem; maybe I could stick it in the Babelfish machine. Best, Margaret

Margaret Pangert disse...

Your poem about the sea representing a cradle with a child and a mother is beautiful, and I thank you for adding it to my picture. The sea is a cradle/ mother, giving life, holding, caressing.

fernando cisco zappa disse...

putz, joe!
muito bom essa fusão
o homem renascendista
o homem cyber.máquina

o poema interroga
mas não se faz de rogado

enuncia:
o que antes era irredutível
agora é fragmento
divisão sócio-cultural
mecanismo político e econômico

e ao fim
anuncia um desejo:
o ato do conhecimento e o produto do conhecimento são inseparáveis
portanto, arte é ciência
ciência é arte
o reatamento da técnica com a poética
(a ruptura entre as duas é uma das grandes crises da sociedade contemporânea)

afinal
os séquitos de uma e outra
sem e/ou consciência
querem-nas reprodutoras de seus próprios e inalienáveis
objetivos

muito bom!

abraços meu caríssimo!

Elaine Siderlí disse...

Maravilhoso!

A arte é ciência sentida
A ciência é arte vivida

adorei.

Related Posts with Thumbnails