Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Cinco (a)casos, alguns destinos e um Deus.



Pedro trabalhara a vida toda, de sol a sol,
Sempre vivera com grandes dificuldades.
Um belo dia, a loteria lhe fez os números.
Teve um derrame, de emoção.
Ao menos teve grana pra pagar a enfermeira
pra lhe dar comida na boca e trocar-lhe as fraldas
sem reclamar tanto...

*************************************************

Janice fez uma estripulia.
Cabulou a última aula, pra namorar o namorado novo.
Encontrou com João e foram passear no Jardim Botânico.
Janice tinha 16 anos.
Foi estuprada no horário da aula de Geografia.
Seu corpo foi encontrado depois de 20 dias,
em meio a árvores frondosas.
João desapareceu.

***************************************************

Aquele dia seria muito especial para o jovem Amnon.
Tudo preparado para seu Bar-Mitzvá.
Aprendera todos os cânticos.Leu a Torah pela primeira vez.
Sua mãe continha o choro nas galerias da Sinagoga.
Tudo ocorreu como de costume e perfeitamente.
Após 10 anos daquela data, Amnon, já no exército de Israel
perderia a vida sob uma granada, na faixa de Gaza, junto com
um soldado palestino, Mahmud, da mesma idade.

**************************************************

No fim de semana tão esperado, Vanicleide ,
filha de Cleidemir e Vanizete, naturais da Paraíba,
se encontrou com mais cinco amigos e foram
ao shopping center Tijuca, mostrar sua nova
calça jeans com cintura baixa, super-justa e
ver vitrines de outras roupas que jamais conseguiria ter.
Divertiram-se a valer, com dinheiro contado, e outro
reservado pra condução da volta.
Tomou sorvete, deu uns passos de funk, na porta
da loja de CDs, paquerou, como qualquer garota de 17 anos.
Vanicleide ficou paraplégica, depois de ficar no corredor
do PS público da periferia, por 5 horas esperando ser atendida
para que lhe retirassem a bala perdida

incrustada em sua coluna...

****************************************************

Todos o conheciam no bairro como, Paulinho “Pede Cana”...
Devia em todos os botecos da Vila Madalena.
Nunca pagou, por certo.Vivia “pedindo o mézinho”...
Um tarde, tipo 6 horas, já completamente de cara cheia,
trôpego a mil, foi gravemente atropelado por um motoqueiro

malucão, mais um desses de Sampa, que se mandou, obviamente...
Paulinho “Pede Cana” ficou 15 dias em coma.
Acordou de repente, numa tarde ensolarada de Domingo.
Em êxtase, disse que subiu aos céus e foi ordenado a
mudar de vida.Teria uma missão.
Virou pastor crente num templo do Jardim Japão.
Aleluia !


****************************************************

E Deus, cuidava de seu jardim no universo...

6 comentários:

V_ Leal disse...

seus textículos
vai me fazer pegar D. Trevisan novamente.
rs

Joe_Brazuca disse...

V_Leal

D.Trevisan !...quanta honra nessa comparação !...quem me dera ser tão "punk"...rs

legal que veio e gostou dos "textículos"...rsrs...Valeu !

volte sempre, tá ?

abraço !
(teu blog é "massa" tb...)

Roberto Camilo disse...

Cara! Você escreve muito!

Proposta indecente lá no nosso blog, pelo que to vendo aqui vc seria perfeito, confere lá!
Abç!

Joe_Brazuca disse...

Legal que veio e gostou do que leu...vamos em frente !

e..tá topado, Roberto Camilo !...já tô mandando...
abraço
Joe

Múcio L Góes disse...

hey, Joe!

vlw a visita lah em casa, o comentário, a impressao... vlw, mesmo!

abs!

IVANCEZAR disse...

O observatório da vida
é tão mais abrangente
quanto mais alto ...
E voce subiu os degraus
Desafiando o leitor
desafio bom
bom mesmo !

Related Posts with Thumbnails