Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Gueixa



oh! nívea gueixa
louco, é como me deixas...
me embriagam teus olhos puxados
pela pintura excêntrica, amendoados
ainda beijarei tua boca vermelha
da cor que vem da centelha
desdobrado em origami
me diga se há alguém
que, por aqui e acolá, mais te ame!

Enrola-me no teu dorso em sono
nas tiras apertadas de teu quimono
dopa-me com teu saquê sabor instinto
pois inda me embrenharei perdidamente
neste teu tênue labirinto...

oh! gueixa, eternamente discreta
que enfrentou insanos impérios
padeceu condescendente e quieta
amou escondida, nobres e samurais
segredou de todos, os nossos mistérios
e levou-os à tumba fria e reta
nos desvelos dos Titãs imperiais...

Até o Japão, desbravarei teus 7 mares
tirarei meus sapatos e ajoelharei
em teus esfumaçados altares
e depois, de aprender teus segredos
audazmente , mitigarei meu medos
e ao meu corcel em fuga, te içarei...

Deixa, minha serena gueixa
te tomar em meus intensos braços
me prender em teus doces laços
beber tua cristalina lágrima
abrir-te como adormecida crisálida
vem!... Preenche e doma
meus fecundos espaços
vem!...torna-me teu axioma...

3 comentários:

MIRZE disse...

Que lindo, Joe!

Em muitas mulheres habitam uma gueixa por formação.

O poema de amor inspira o NOVO ANO que se aproxima!

Feliz Ano Novo.

Beijos

Mirze

Mary K disse...

wow ! I want to be your geisha !

Joe_Brazuca disse...

ok, Mary "key"

tanks a lot, again...

but...who are you ?...

where you come fron ?

how can I to talk with you?

rsrs... :)

Related Posts with Thumbnails