Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

sábado, 26 de novembro de 2011

Jão que sonhava


E então, era o Jão que sonhava
e sonhava, e sonhava, e sonhava
era Jão que sonha o sonho de ser remador
que sonhava em ser o mais forte semeador
e sonhava o sonho que vinha
viesse de onde vinha
dum cacho de uva ou d’outra sardinha
duma lata amassada ou vã ladainha
e sonhava, e sonhava, e sonhava
que tinha o sonho dum grande amor

Era então que sonhava o sonho de tolo
dum copo de sonho, um pedaço de bolo
e sonhava que a linha do seu horizonte
viesse como vinha, de trás de um monte
e sonhava, e sonhava, era o Jão que não tinha
era o Jão que não vinha, dum vinho de bodas
dum sonho, poucas bocas e rimas todas
e sonhava, e sonhava, era assim
como um sonho, de tolo risonho
era Jão que num sonho, sonhava tristonho

E então belo dia, de barriga vazia
sonhou o que sonhavam , de dentro da pia
que sonhava o sonho dum pão que não existia
e fazia, e queria, e pedia, e sofria
todo sonho sonhado, dum Jão que dizia
“que sonho faminto, minha Ave Maria !”

Era então que sonha o Jão
dum sonho de brisa, num danado calor
e sonhava, e sonhava e cantava
com todo sonho de fé e louvor
e falava, e chorava, e gritava
“Valhe-me meu Jesus Cristo,
que na sua cruz, morreu por amor,
me faz ver o que o justo tinha visto,
filho dos sonhos do Nosso Senhor !”

Um comentário:

MIRZE disse...

JOE!

Não pegue meu coração assim desprevenido para uma forte emoção!

Nunca li nada tao lindo. Lembro que minha mãezinha dizia que Jesus era tão inteligente, que deixou para nós e para sempre o pão vivo à que Jão se refere.

E Isto:
"era o Jão que não vinha, dum vinho de bodas dum sonho"!

Realmente, absurdamente lindo!

Beijos

Mirze

Related Posts with Thumbnails