Sou o que sou

Minha foto
Sampa, SP, Brazil
Sou terra, por ter razões. Sou berro, se aberrações. Sou medo, porque me dou. Sou credo, se acreditou

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Consumatus est ! ou Feliz Tudo, Povo do Brasil !



O Pequeno grande Homem, das centúrias do poder, mandou consumir !...Pois consumamos !
No último discurso à Nação, pelas telinhas brasileiras, com duração de exatos 8 minutos, antes do horário da novela ( estrategicamente posicionado...) da Grande Emissora Global, o Nosso “duendesco” Presidente ( aproveitando o ensejo do Natal próximo...), foi bem claro e palmar ( como se toda uma nação fosse composta por idiotas, neófitos e ausentes da realidade...) que se NÃO CONSUMIRMOS geladeiras, fogões, automóveis e badulaques todos “de nossos desfrutáveis sonhos”, poderemos perder nossos empregos, pois a “a roda da economia” emperraria !
Completamente à contramão da história, quando o planeta inteiro tem como “norma de sobreaviso”, o recato financeiro e econômico, o Grande Gestor, quer fazer apenas pelo “brilho de seus olhinhos (quase cegos, diga-se de passagem...), do País , uma ilha das maravilhas, onde esbanja o leite e o mel, o champanhe e “uisque” , juntamente com salários astronômicos de parlamentares em geral, pelas sendas palacianas...
“Explica” ainda, de uma forma rudimentaríssima, os mecanismos que ora levam o mundo à uma crise sem precedentes, que esta teve sua origem nos “cassinos bancários” do primeiro mundo, mas sequer mensionando justamente o que ocasionou todo o embroglio , ou seja, a questão do “super-consumerismo Estadunidence” desenfreado , onde o governo pagaria todas as contas de inadimplência, do “American Dream” e/ou “Americam way of life”, que realmente vieram a ocorrer, inequivocamente, de uma forma desastrosa...E manda que façamos justamente o mesmo !...Quer que consumemos, traquitanas, “mas só um pouquinho”...Como se isso fosse simples e bastasse, para que a economia prossiga e se desenrole !...Qualquer economista de "porta de cadeia", demonstraria o crasso e palmar erro da "desinformação"...
Disse também, com um orgulho do “ouro de tolos” que as Instituições Financeiras, principalmente os bancos, estão sólidos e “vão muito bem, obrigado”. Me diga alguém aí, qual “instituição” não estaria “sólida” e feliz, pagando juros de poupança à menos de 1% ao mês, e cobrando-nos escorchantes juros de 12%, pelo mesmo período ?...Seria cômico se não fosse trágico !
Mostrou gráficos,muito rapidamente, com números duvidosos ( não teria ai um pouco de maquiagem à conveniência, não ?...), pela sua intrínseca relatividade, num País onde campeia a ignorância pela falta de Escola Pública no mínimo decente, pelos salários aviltantes de nossos professores, pela total falta de estímulo à preparação desses mesmos professores, que “tentam ensinar” com sua enorme boa vontade, mas escrevem “trousse”, “a nivel dê”, “para mim fazer”, “que seje”, e por ai afora...Também pelo total desequilíbrio na distribuição de renda real, pelo total descaso público, gritante e notório na área da Saúde Pública, onde simplesmente não existem médicos e/ou uma medicina razoável, nas regiões mais carentes do País, nas mais abastadas e populosas , também não funcionam !
Isso sem comentar o mar de corrupção que assola, todas as células de nossa sociedade, partindo claro, como exemplo dado e mostrado, justa e primeiramente das alcovas governamentais.
Afinal, sr. Presidente, de que país você nos fala ?...Será que suas viagens todas, deixou-o, digamos, assaz deslumbrado ?
Colocou, com um sorriso delirante nos lábios, uma condição de “futuro assegurado”, citando seus faraônicos delírios, como o decantado “Pré-sal”, um projeto tão mirabolante quanto imaginarmos poder-se ir à Lua, munidos apenas de um tambor de “aqualung” e as “miraculosas” reservas de moeda estrangeira acumulado as custas de um crescimento “pra lá de” arroxado...
Dái o ano que vem, como tambem já "avisou" em suas falas, baixa lá “zero virgula alguma coisa”, os juros de mercado, dá o golpe baixo da compra fácil, endivida a nação toda, depois quando a conta vier sem solução de continuidade, diz “sinto muito, a coisa foi pior que esperávamos “, ou algo que o valha, juros la em cima de novo, para segurar a inflação inevitável, claro, desemprego, recessão, etc e tal, enfim, filme já visto por demasiado no “gigante adormecido em berço esplêndido”...O mais interessante é que, absolutamente depois, no primeiro comercial da novela, o discurso é resumido quase “ipsis litteris” , em 30 segundos, por uma propaganda estatal, quase num gesto “goebbelsniano”, usado pelos grandes publicitários de regimes totalitaristas da história universal.
Fica a dúvida : seria o discurso a propaganda, ou a propagando, o discurso ?....Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha ?...Tudo muito bem sincronizado , “comme il faut” ...
Disse em alto e bom som, que deveriamos seguir a cartilha do “consumo consciente” , como se
alguma vez, seguiram eles, os detentores do “pudê” , dos ditames dessa cartilha, já que em governo algum se viu tanta gastança, sem limites, extraidos dos orçamentos e cofres públicos, para que o monstro governamental fosse saciado da tremenda gana de dinheiro, conchavo, rabos presos e “pudê” !
Por favor Senhores do Poder : subestimem alguns de nós, mas nunca todos nós !...ou seja : “Alguem pode enganar alguns por algum tempo, mas não todos por todo tempo”.
“Feliz Tudo” minha boa gente, Feliz Tudo , sr. Presidente !

15 comentários:

Juscelino Mendes disse...

Big Joe,
fiquei pasmo quando vi aquele acinte à nossa inteligência perpetrado pelo presidente da "res publica", cada vez mais particularizada ao sabor do capitalismo selvagem! Marx viraria de bruços se pudesse ouvir tanta bobagem de seu pseudo filho do passado.
Parabéns pelo texto!
Abraços.

PS: quanto ao overmundo, penso que você esteja dando murro em ponta de faca. Liberdade? ora, ora...

Nina Araujo disse...

Bravíssimo! Querido Joe, é tudo isso que voce falou1 E mais não diria,apoio e sinto cada fala. Um belo texto,lucidez azeitadinha e sucinta ao contrário do nosso Gestor bem votado e popular!!!!rsrsrsrs
Um beijo e não esquenta com eles não...aqui PODE!!!!!!!!
Adoro voce!
Boas Festas.

ALCANU disse...

È UM PERFEITO ABSURDO NÃO PODERMOS DIZER NADA QUE DESAGRADE AO REI, ELOGIAR PODE, CRITICAR. SABE COMO É...BICHO A VIDA DA GENTE É ISSO AÍ, QUEM NÃO TEM COMPETENCIA NÃO SE ESTABELECE, UM PRESIDENTE TEM QUE SABER OUVIR TAMBÉM SEUS ALGOZES E EU CREIO QUE O QUE O JOE ESCREVEU NÃO É ISSO,É UMA CONSTATAÇÃO DE QUEM TRQABALHA COMO EU E COMO A MAIORIA DE TODOS NÓS, RECEBE UM SALÁRIO DE MERDA, AGORA EM DEZEMBRO TALVEZ UM POUCO MAIS ABONADOS EM FUNÇÃO DUM DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO ( DEVIDAMENTE TRAGADO PELO IMPOSTO DE RENDA, DIGA-SE DE PASSAGEM ) E OS MERDAS DO PODER RECEBENDO AJUDA ATÉ PRA COMPRAR ANTIMICÓTICO PRA FRIEIRA...ATÉ QUANDO VAMOS DIZER AMÉM A TUDO ISSO ?
NEM QUE SEJA PRA FODER COM A LINHA EDITORIAL OU DA PUTA QUE O PARIU !
uM ABRAÇO, jOE, TÔ CONTIGO E NÃO ABRO !
ALCANU

Renata Rimet disse...

Joe meu querido, farei aqui um discurso "politicamente INcorreto" rsrsrs

...do tipo que só a Record poderá me censurar...

Após leitura do texto entendo que você é fã da novela A Favorita, que os comerciais costumam atrapalhar sua concentração, chamando atenção para temas de pouca importância como crise financeira, desemprego de inumeros brasileiros, consumismo e outros temas banais, que vem prejudicar o foco principal de uma nação tão envolvida com os crimes da personagem Flora, que merece ser castigada urgentemente, pois eu também acredito que após sua prisão os brasileiros não mais passarão fome, o ensino será de melhor qualidade, as contas serão milagrosamente pagas e até a chuva vai parar de destruir o Sul e Sudeste...

...espero que seu blog não seja patrocinado pela emissora concorrente, assim como um site que conhecemos, não lembro o nome agora...mas que se não me engano é patrocinado por instituição gov...

Depois dessa, vou assistir Um ensaio sobre a cegueira e tentar me ambientar melhor... afinal, tem coisas que é melhor não ver...

Um abraço...

Rimet

doroni disse...

Joe,
Grande texto menino
Correto, verdadeiro escorchante.
A verdade dói, né mesmo?
Liga não, para nós você é 10.
Feliz Natal!!!
bjs

Marcos disse...

Little Joe, imagine vossa senhoria que até o concurso para o IPEA está passando pelo policiamento ideológico. Este país está indo de mal a pior. Numa coisa Lula está certo, não está dando trela para o bolivarianismo de El Loco. Pra quê dar corda pra Chavez se seu projeto de ditadura stalinista é muito mais bem elaborado e vazilinizado que o do venezuelano?
Exemplo claro disso está no fato de terem cassado esse seu texto no Over, devidamente administrado pelo vermelhinhos de boina e estrela vermelha fluminenses.

sandra disse...

Até parece que vivemos numa democracia...quem diria...a nossa última esperança...
Vamos fugir, meu amor ???...rsrsrs
Impossível ser um trabalhador nesse país e tentar levar uma vida digna com tanta sacanagem e corrupção.

LAILTON ARAÚJO disse...

GRANDE JOE BRAZUCA


A grande pergunta da humanidade... Quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha?

A galinha (coitada) será comida na ceia do dia 24/12! O peru já não é comida de pobre... Tá caro pra burro! Está concorrendo com o preço do bacalhau! Bacalhau é peixe? Parece com o governo do Brasil! Ninguém vê a cabeça! (rsrs) Será peixão? Será peixinho? Será lula?

O ovo (coitado) será cozido na marmita do trabalhador! Talvez vire gás metano... Será o combustível do futuro? Você come o bendito ovo e risca um fósforo no “fê o fó...” (rsrs) E haja dúzias de ovos para alimentar a sede de combustão do governo brasileiro... Ovos mexidos! Mexilhão! Já não são lulas! Evoluíram para tubarão! Tutu... Barão de banco! Barão do café! Barão paulistano! Barão sem tutu! (rsrs)

Só Freud explica... (rsrs)

Por falar em censura... Não tem cura! Escrevem “sem-cura”. Curado, curador, culpado ou criador! Over... Lembra ovo! Ovacionado? Evacuado! Evaporado! Vaporizador... Sem ardor? Não... Cheira a podre! Uai sô!

Sou pecador... Falei do Doutor! (rsrs)

Abraços.

Lailton Araújo

celina vasques disse...

Como sempre querido Joe Brazuca você é 1.000!
Parabénsd pelo teu texto e pode contar com a minha solidariedade
e apoio! Estou contigo e ratifico tudo que escreveste!
Porisso também deixei de escrever lá!

beijo amigo querido!

Giovani Iemini disse...

opa!

compulsão diária disse...

Hey, Joe!
Seu texto é impecável. só berro se aberrações.
quanto ao over, fico pasma que vcs ainda continuem lá postando, votando e comentando numa espécie de moto-contínuo trabalhando de graça pro site.
confesso minha incapacidade para compreender essa atitude.
nada foi feito. Laílton e eu , por exemplo, nunca mais postamos ali. e aí?
nada será feito?
E continua a preocupação com pontos ali?

Feliz postagem e ciranda de votos e voltas..tisc tisc...

Anônimo disse...

Salve Joe !
Um delicioso texto que consagra o mais divino direito de liberdade de expressão. Que deveria ficar sim e, mais do que isso, inspirar debate sadío , ciranda de idéias, amadurecimento coletivo que, malgrado as décadas passadas, ainda não consolidou massa crítica neste nosso Brasil intempestivo.
abraço

IVAN CEZAR INEU CHAVES

Karla disse...

Queridão, esquece, ninguém consegue nos calar. Temos outros meios para expor aquilo que nos dão coceiras, e este aqui é seu lugar! Parabéns pela ousadia e pelo drible, pois é assim que este país se vive não é mesmo? hehe Aplausos mil à você! Beijos.
Karla Gohr

Reportagem Vertical disse...

Oi, Joel. Não tenho acompanhado os noticiários relacionados a crise econômica (fico de saco cheio com tamanho espalhafato), mas tenho a impressão de que aquela declaração do presidente foi antes para acalmar os ânimos dos donos do capital do que para quem faz o capital girar.
Mas é só um palpite que nasceu diante das inúmeras ameaças de demissões por parte das indústria, divulgadas pelos jornais.
Beijo,
Sindia.

Educadora em Direitos Humanos disse...

Querido, Joe: "eh...eh...vida de gado....povo marco, povo feliz". O que mais me entristece Joe é seremos punidos naquilos que optamos também na tentativa de ser feliz: escrever em nome da liberdade! Exercitar a liberdade, mas como? Eles não deixam e sendo assim entendemos que vivemos uma liberdade suspeita, uma calma suspeita. E a censura come no centro. É triste Joe. Concordo com a nossa Nina....se no Over não deixam, aqui pode...rsrsrs... Parabens pelo Blog. Paz e bem, Grauninha

Related Posts with Thumbnails